A relactação é possível

Em 14.02.2014   Arquivado em Maternidade

Leitura anterior: O vilão da amamentação

Por definição, qualquer mulher que já ficou grávida, pode fazer a relactação, ou seja, pode voltar a ter leite e amamentar. Por esse motivo, vemos mães que adotam e amamentam, vós que cuidam de netos e amamentam. Isso não é uma ilusão, é realidade. Mas infelizmente alguns médicos esquecem disso, ou não fazem muito esforço pra lembrar. Eu só queria entender o por quê disso. A natureza é perfeita!

Durante séculos, crianças sobreviveram com mães dando à luz de forma natural e amamentando somente leite materno. Hoje em dia os médicos induzem você a fazer um parto cesárea e já na maternidade as enfermeiras perguntam se você quer que dê leite artificial pro seu bebê recém-nascido pra você poder dormir uma noite tranquila. Tenho uma revolta grande com essas coisas.

Esse foi mais um motivo pelo qual eu não aceitei quando o médico me disse: “Você não pode relactar uma criança com 3 meses”. Naquele momento eu não sabia como eu iria fazer aquilo, mas eu não queria me dar por derrotada sem antes ter tentado todas as possibilidades. Então eu busquei informações com outras mães, mas infelizmente ninguém sabia me dizer. O Google então foi meu parceiro, e por quase 1 semana eu pesquisei muito, li sobre relactação de vários sites diferentes e fiz meu próprio aparelhinho de relactação.

Eu comprei uma sonda nº4 (na verdade, aqui no Rio é bem difícil de achar esta sonda pra comprar, meu marido conseguiu somente em uma loja de material hospitalar no Centro, um pacote com 10 unidades, por quase R$20), abri com a tesoura um furo na parte superior do bico da mamadeira e passei a sonda por ela. Ok, aquele bico foi desfeito e não será mais usado normalmente, apenas com a sonda. Mas como eu não quero mais usar mamadeira mesmo, não me fez diferença.

O pensamento desse sistema é: o peito produz leite de acordo com o estímulo que ele recebe. Se você produz pouco leite, complementa com a mamadeira. Mas se ao invés disso, você sempre que for dar de mamar ao seu filho o fizer pela sonda, ele vai estimular seu peito como se estivesse com fluxo normal de leite. Seu corpo vai entender que o bebê está sugando bastante e vai adaptar a produção para todas aquelas mamadas. Simples assim. Em 1 ou 2 semanas seu peito vai estar produzindo quantidade suficiente pra você só amamentá-lo com o seu leite. É importante lembrar que devemos fazer a adaptação de um leite para o outro, ou seja, depois de 1 ou 2 semanas, quando você sentir que seu peito está produzindo bastante, ir colocando cada vez menos leite artificial pela sonda, até retirar totalmente. Não podemos correr o risco de amamentar menos que o bebê precisa. (É bom ir pesando seu filho regularmente enquanto estiver nesse processo pra ter certeza que ele continua ganhando peso como deveria)

Logo de primeira conseguimos nos adaptar. Em alguns sites, diziam que as crianças quando veem a sonda, recusam o peito da mãe. Mas ainda bem que isso não aconteceu com o meu Rodriguinho. Ele aceitou meu peito como se não tivesse sonda. Apenas foi um pouco difícil achar a posição que ela deve ficar na boca do bebê, pra que quando ele sugue meu peito, sugue a sonda também.

Como já esperava, enquanto ele suga meu peito com meu leite + sonda com leite está tudo ótimo. Quando meu peito esvazia e ele continua sugando o leite da sonda, começa a doer o seio. Não é uma dor que você não possa suportar, mas é desconfortável. Mas é nessa hora que o bebê está estimulando e seu corpo está entendendo que o leite acabou mas que ele precisa de mais, muito mais. Então essa é a hora importante.

Estamos na luta. E estamos vencendo. Ninguém pode me dizer que eu não posso fazer alguma coisa, apenas eu posso falar isso pra mim mesma. Eu posso sim relactar meu filho, que agora tem 4 meses. Posso e vou. Já estou fazendo isso. Se você passa pelo mesmo problema que eu, acredite, você também pode. Não é nenhum mistério a meneira correta de relactar, e qualquer mamãe pode fazer o mesmo que eu fiz em casa.

E 2014 continua, pq esse é o ano da #realização pra mim. \o/

  • Re Vitrola

    Em 14.02.2014

    Ai Mariana, que post lindo! Parabéns!
    Acho que, como mãe, a gente deve tentar de tudo mesmo. Cada criança reage de um jeito, e a gente só sabe tentando. Fico feliz que esteja dando tudo certo para vocês. Um beijo!

    [Reply]

    Mariana Cruz Reply:

    com certeza, estou tentando de tudo! se ele ficar na mamadeira, pelo menos não vou ter a dor na consciência que foi por falta de tentativa hehehehe
    bjinhus :)

    [Reply]

  • Aninha

    Em 14.02.2014

    Oi Mariana! Devo dizer que te admiro muito pela sua coragem de “ir contra as regras”. Venho acompanhando seus posts sobre o Rodrigo e vejo que todo aquele “apoio” que a mídia diz dar para as mães com a amamentação dos filhos é mentira em cima de mentira. Se dentro do próprio Hospital dão fórmula para os bebês, que tipo de apoio é esse?
    Torço muito para que você consiga relactar o Rodrigo, e quero dizer que seu post foi de bastante informação, viu? Pra ser sincera nunca tinha ouvido falar em relactação e nem sabia que existia essa possibilidade. É bom aprender porque se um dia tiver filhos, já saberei como lidar com a situação! :)
    E ah, o quartinho dele ta ficando lindooo! E ele também! <3 Hehehehe
    Beijos!

    [Reply]

    Mariana Cruz Reply:

    é verdade… essa campanha de amamentação que passa por aí pela TV é tudo mentira… na prática, vc nasce e eles já querem te enfiar leite artificial pela goela… os médicos também recomendam muito esse tipo de leite pra “complementar”, o que acaba que o bebê larga o peito e fica só na mamadeira, porque o leite artificial é mais doce, enche mais o bucho e tb a mamadeira é mais fácil de sugar que o seio… nessa mentira, muita mãe que podia amamentar embarca, infelizmente…
    mas eu não serei uma dessas… vou lutar até o fim hehehehehehe
    bjos :)

    [Reply]

  • Sofia

    Em 14.02.2014

    eu embarquei nesta, por indicação da minha pediatra, mas ela esta fazendo 3 meses e esta mais dificil a cada dia ir para o peito. Tenho sofrido muito e tentado de tudo. Pornultimo foi a relactacao, mas hoje nO consegui. Amanha tentarei mIa uma vez.

    [Reply]

    Mariana Reply:

    Não desista! É difícil às vezes, mas todo o nosso sacrifício como mãe é recompensado. 😉 bjos

    [Reply]

  • Adriana

    Em 14.02.2014

    Oi Mariana!

    Estou iniciandi o processo de relactação por sonda hoje, Heitor tem quase 3 meses. Tem sido difícil, acho a sonda de 4 muito fina, ele demora muito a mamar e é dolorido no fim. Você conseguiu êxito na sua relactação? Bjs

    [Reply]

    Mariana Reply:

    oi adriana! consegui sim!!! ele voltou a mamar, mas me deu bastante trabalho… infelizmente aos 6 meses e meio ele mesmo quis largar o peito… eu tentei de tudo mas depois q entrou a comida ele só rejeitou a amamentação :(
    vai com fé que vc vai conseguir :)
    bjos

    [Reply]

  • Jeniffer

    Em 14.02.2014

    Oi mariana, estou a uma semana já pesquisando sobre a relactação… Amamentei minha filha por duas semanas não consegui seguir em frente pois tenho bico plano e então machucou.muito sangrou saiu pus, e a cada mamada era uma tortura! Estava disposta a tentar novamente tentei duas vezes dessa forma agora ela tem dois meses, porém o pouco que ela sugou meu bico já está doendo e bem vermelho novamente o meu medo é conseguir que ela sugue mas machucar de novo!! Não sei o que faço!

    [Reply]

    Mariana Reply:

    meu bico tb eh plano… eh mais difícil mesmo…
    se ela está te machucando eh pq não está fazendo a pega certa!!!
    se vc morar no rio de janeiro, o instituto fernandes figueira pode te ajudar…
    se vc morar fora do rio, pode procurar um banco de leite que eles ensinam como que vc ajuda seu bebê a fazer a pega correta no peito… mas demora um tempinho até o seu peito voltar a produzir com força total… precisa ter muita calma e paciência…
    boa sorte!!! <3

    [Reply]

  • {Tag} Mãe de primeira viagem ◂ Butterfly Soul

    Em 14.02.2014

    […] dos posts relacionados à amamentação – aqui e aqui Almofada de amamentação – aqui Onde eu comprei meu cercado – aqui Resenha creme […]