Categoria "Séries"

Gilmore Girls: um ano para recordar [COM MUITOS SPOILERS]

Em 26.11.2016   Arquivado em Séries

Antes de começar a ler esse post, aperta o play aqui e chora comigo escutando essa musiquinha especial da Carole King! <3

Eu amo como essa série tem tantos detalhes! Carole King que canta a música de introdução, depois aparece durante a série como a dona da loja de música que ajuda Lane e Zack a se acharem musicalmente.

Pra você que é super fã de Gilmore Girls como eu, que cresceu vendo os dramas familiares entre Emily, Lorelai e Rory com certeza virou a noite assistindo a nova temporada da série: Um ano para recordar.

Desde que a nova temporada foi anunciada eu entrei em histeria. Isso porque realmente muitos fios tinham ficado soltos, e quem acompanha uma série por tanto tempo fica frustrado por ter investido tantos finais de semana em vão. A autora, Amy Sherman-Palladino tinha falado que artisticamente o ciclo não tinha se fechado, e por isso tinha a necessidade de finalizar. E foi isso que a Netflix fez lindamente pra gente.

Pra começar, eu duvidei de que realmente haveria uma Stars Hollow de novo, já que há tanto tempo a série tinha acabado, mas eles reconstruíram tudo, cada detalhe… O quarto da Rory, a casa, a Stars Hollow inteira, o Luke’s, tudo. Até a mansão dos Gilmore, Chilton… Acredito que a mansão dos Gilmore e Chilton sejam construções que existem e eles alugavam pra usar, como fizeram novamente, mas a Stars Hollow é uma cidade cenográfica.

A princípio eu estranhei um pouco. A gente se acostuma a ver as pessoas com aquele rosto imutável, e rever os atores depois de tantos anos, mais velhos e mudados me causou estranheza. Miss Patty perdeu muito peso e ficou irreconhecível, eu tive que dar pausa pra ter certeza que era ela de verdade. Emily perdeu muito peso também e eu tive uma visão que ela estava realmente debilitada na série. Os anos finalmente começaram a aparecer, mesmo que bem sutilmente, pra Lane (que deve comprar cosméticos na mesma loja da Paula Toller), e a voz da Sookie??? Eu achei tão diferente!!! Na única cena que ela apareceu eu achei que a voz dela não estava mais fechando harmoniosamente a vibe que ela sempre trouxe. Mas enfim… De qualquer maneira, isso não interferiu no conteúdo da série de maneira nenhuma, que foi maravilhoso.

A autora falou que o ciclo precisava fechar, e pra mim, fechou. Pense bem: algumas amigas minhas surtadas como eu querem outra temporada, mas credito que isso não vá acontecer. Primeiro porque a teoria do 1, 2, 3 estava verdadeira. E qual seria essa teoria?

Teoria do 1, 2, 3

Ela está na primeira temporada, episódio 20: “P.S. I Love…”. Lorelai e Rory brincam, dizendo que você tem 3 tentativas para achar a pessoa que vai ficar com você. Você pode deixar passar a 1, pode deixar passar a 2, mas se fizer isso, está invariavelmente presa ao 3.

Com a Lorelai, foi exatamente assim: passou o cara 1 e 2 e ela dispensou. Depois o Luke apareceu pra servir café e a própria Rory fala que o Luke é o 3, mas elas ignoram. No final de todas as temporadas, com quem ela fica? Luke. Ou seja, está presa a ele.

Para a Rory, mesma coisa. Namorado número 1: Dean. Ela deixou passar. Namorado número 2: Jess. Ela não deixou ele passar porque tecnicamente ele foi embora, mas acabou e deixou o fio solto. Então invariavelmente ela está presa ao número 3: Logan.

Minha teoria para o final da série

Durante todo o tempo de namoro entre Rory e Logan, ele e Christopher tiveram um ótimo relacionamento. Tanto que o próprio papis falou pra filha que gostava muito do pretendente. Por que isso? Porque eles são exatamente iguais. Mesmo “berço de ouro”, mesma personalidade mais ou menos, ou seja, gosta muito mas não tem coragem de peitar e assumir.

Quantas vezes Christopher não teve coragem de assumir a Lorelai e a filha? Tanto que durante a série em muitas ocasiões Lorelai dizia que sabia que eles se gostavam mas ele não estava preparado.

Mesma situação entre Rory e Logan: eles se gostam, mas ela acha ele imaturo. Eles têm uma conexão muito boa, tem muita amizade, como os pais dela. Mas ela não aprova as atitudes de rebeldia do Logan, e em certa altura da série ela e Mitchum concordaram com isso.

Eu acredito que ali a história está se repetindo. O filho é do Logan, que vai casar com a outra mulher pra cumprir a dinastia e não vai ter o timing de assumir a Rory, como o Christopher nunca teve o timing pra assumir a Lorelai. Rory vai criar a filha sozinha (sim, acredito que seja mais uma Gilmore Girl) e vai construir com ela o mesmo relacionamento que teve com a mãe.

Outra coisa: quando Jess voltou nessa última temporada ele falou pro Luke que tinha superado a Rory mas saiu da casa e ficou olhando ela pela janela na hora eu pensei: Luke está para Lorelai assim como Jess está para Rory. Ele sempre vai amá-la, sempre vai haver essa confusão desse triângulo entre Rory, Jess e Logan, e em algum momento, anos depois eles finalmente vão se acertar, Jess vai aceitar a filha da Rory com o Logan e vai ter um carinho como se fosse sua.

Minha teoria é comprovada por 2 coisas:

1- Rory e Logan ainda estavam tendo um “relacionamento”, mesmo que ele estivesse noivo de outra. E quando ela disse que não queria mais ele fechou um hotel e passou uma última noite com ela. E foi aí que a nova Gilmoe Girl foi feita.

2- Um pouco depois a própria Rory vai até o escritório do Christopher e pergunta como ele se sentiu sabendo que a Lorelai tinha criado ela sozinha. E a resposta dele foi que não tinha ir contra as decisões dela, que ela era uma força da natureza, que ela ia e todo mundo tinha que acompanhar o ritmo dela, e que ela fez um bom trabalho e que as coisas foram como deveriam ser.

Agora sim, o ciclo fechou.

Pra mim, tudo ficou claro, apesar de eu ter surtado inicialmente com a última cena, onde a Rory conta pra Lorelai que está grávida e a tela fica preta. Eu chorei por uns 10 minutos até conseguir parar pra pensar nessas coisas. Aí eu me acalmei.

Pode até ser que tenha uma outra temporada lá na frente, daqui há 15 anos, mostrando ela e Jess casados, Logan com filhos de outra pessoa… Mas… Vamos esperar passar mais uns 15 anos, sabe?? Vamos dar um tempo pra ter o que contar de verdade, como aconteceu dessa vez.

E vocês? Concordam comigo ou têm outra teoria?

Pra você que é do Rio:
Fãs da série ‘Gilmore Girls‘ vão recriar a cidade de Stars Hollow na Zona Norte do Rio

{Série} Gilmore Girls

Em 27.09.2016   Arquivado em Séries

Oie! Acredito que muitos de vocês já conheçam essa série. Na verdade, a primeira vez que eu vi eu era bem nova, e se não me engano passava no SBT como Tal mãe, tal filha. Mais tarde, quando pude ter TV paga, comecei a assistir pela Warner, mas parou. Nunca tinha chegado a realmente ver todas as temporadas em ordem, porque assim como o SBT fazia, a Warner também fazia: depois de um certo tempo, voltava pro início ou começava a passar episódios aleatórios. Por isso, agora que ficou disponível no Netflix (agora não, foi em julho, se não me engano) eu comecei a ver tudo de novo, em ordem, no meu ritmo, quando um tempinho surge no meio do caos (já estou no final da 6ª temporada).

Pra quem não conhece, a série conta a história das mulheres da família Gilmore: Emily (avó), Lorelai (mãe) e Rory (filha). A família Gilmore é da alta sociedade e se viu perdida quando sua filha única, Lorelai, apareceu grávida aos 16. Para consertar o erro, seus pais quiseram que ela casasse com o namorado, Christopher, que no final das contas amava tanto ela que gostou da ideia. Mas Lorelai não se sentia preparada pra casar aos 16, não queria ser forçada a casar e ter uma vida que não era a dela. Ela não queria cumprir as regras da alta sociedade e “viver em cativeiro”. Por isso, assim que sua filha nasceu ela fugiu dos pais sem deixar rastro com a filha nos braços e nenhum dinheiro no bolso. Foi para uma cidade do interior, Stars Hollow. Lá, ela pediu abrigo em um hotel, começou trabalhando de camareira pra ganhar a vida e pagar as contas. E assim viveu por muitos anos.

A história da série começa com a filha, Rory, com os exatos 15 pra 16 anos, idade em que a mãe ficou grávida. As duas vivem em um mundinho só delas, com muitas piadas internas, muito amor. Elas são as melhores amigas uma da outra e Lorelai criou Rory exatamente como gostaria que tivesse sido criada: com muito amor, amizade, compreensão e um ambiente totalmente favorável pra ter qualquer tipo de conversa. Rory é o orgulho da mãe, que não foi pra faculdade. Mas a filha é inteligente e quer ir pra Harvard, e por isso passa pra melhor High School das redondezas: Chilton. Sem dinheiro pra pagar, Lorelai recorre aos pais e eles a chantageiam com o dinheiro da escola em troca de jantares semanais. A partir daí se desenrola toda a história.

A série conta com 7 temporadas (2000-2007) de mais de 20 episódios cada um. Dá um total de exatos 153 episódios. Além disso os episódios são grandes, tipo 40 min, que na TV passariam como 1 hora de programa. É uma maratona e tanto pra quem quer entrar nessa. Mas sinceramente, vale a pena, é muito legal.

Engraçado que no começo eu me identificava mais com a Rory, em certa altura da maratona eu me identificava mais com a Lorelai e muitas vezes chorei com a Emily. Como é que eu consigo ser um pouco de cada uma das Gilmore Girls? Rs… Isso só pode me dizer que a série foi muito bem escrita e todos os personagens estão muito bem construídos. Eu acredito que você também vá se identificar com todas elas.

Uma observação: No dia que eu conseguir assistir Gilmore Girls sem legenda com aquela velocidade de abobrinhas que Lorelai e Rory conseguem dizer por minuto eu realmente vou me considerar fluente. Rs…

A família Gilmore

gilmore
Emily – Kelly Bishop
Lorelai – Lauren Graham
Rory – Alexis Bledel
Richard – Edward Herrmann

Namorados de Lorelai


Christopher – David Sutcliffe
Max – Scott Cohen
Jason – Chris Eigeman
Luke – Scott Patterson

Namorados de Rory


Dean – Jared Padalecki
Jess – Milo Ventimiglia
Logan Huntzberger – Matt Czuchry

Revival: Um ano para recordar

Apesar das 7 temporadas, a série foi cancelada sem um fim, ou seja, não era o fim que os autores queriam. Por isso, agora em 2016, mais precisamente em novembro, o Netflix vai liberar o que eles estão chamando de Revival. Serão 4 episódios de 90 minutos para dar os desfechos necessários que não aconteceram. Essa notícia tem causado muito alvoroço aos fãs, porque eles estão gravando tudo para 4 episódios novinhos em folha. E não é esse o sonho de todo amante de série que se vê desolado quando alguma coisa termina sem realmente terminar?

Se você é fã como eu, é uma oportunidade única pra aquietar seu coração e saber o final dos personagens.

E se você não assistiu ainda, tem até novembro pra fazer uma maratona de Gilmore Girls e estar preparado pro Revival. 😉

{Série} Downton Abbey

Em 15.05.2015   Arquivado em Séries

A primeira vez que eu tive contato com a série Downton Abbey foi em uma chamada de comercial no GNT. Como sou muito fã da Maggie Smith (desde Mudança de Hábito e passando por Harry Potter), fiquei interessada. Além disso, adoro séries britânicas, ainda mais com um quê histórico.

O problema é que os meus horários livres nunca batiam com os horários de transmissão, e eu nunca conseguia assistir aos episódios pela TV. Comecei a ficar muito frustrada e acabei desistindo de acompanhar a série porque sempre boiava no que estava acontecendo quando pegava um episódio aleatório passando.

Porém, tem mais ou menos duas semanas que eu descobri que tinha Downton Abbey no Netflix e finalmente comecei a assistir. Como não disponho de muito tempooo, eu assitia sempre antes de dormir, com o celular na mão. Em 2 semanas assisti 3 temporadas, e fiquei frustrada ao saber que o Netflix ainda não tem as outraaas! Como assim, Netflix??? Na TV já está na 6ª temporada! Isso enfraquece nossa relação de amor! Rs…

O elenco

1 – Elizabeth McGovern (Cora Crawley, Condessa de Grantham)
2 – Jessica Brown Findlay (Lady Sybil Crawley, filha mais nova dos Crawley)
3 – Laura Carmichael (Lady Edith Crawley, filha do meio dos Crawley)
4 – Dan Stevens (Mr. Matthew Crawley, primo em terceiro grau de Robert, herdeiro presuntivo de Downton Abbey)
5 – Michelle Dockery (Lady Mary Crawley, filha mais velha dos Crawley)
6 – Penelope Wilton (Mrs Isobel Crawley, mãe de Matthew)
7 – Maggie Smith (Violet Crawley, Condessa Viúva de Grantham, mãe de Robert)
8 – Hugh Bonneville (Robert Crawley, Conde de Grantham e senhor de Downton Abbey)

A sinopse

“Downton Abbey é uma série de televisão britânica produzida pela companhia Carnival Films para o canal ITV. A série se passa em sua maior parte em uma propriedade fictícia, localizada em Yorkshire, chamada Downton Abbey e segue os Crawley, uma família aristocrática inglesa, e os seus criados, no início do século XX, a partir de 1912.
A primeira temporada começa com a notícia do naufrágio do Titanic, em 1912, que tem especial impacto sobre o destino de Downton Abbey. A criadagem da família é vasta e possui um elaborado sistema hierárquico, que passa por criadas, lacaios e mordomos.
A segunda temporada se passa entre 1916 e 1919, cobrindo a Primeira Guerra Mundial, e o especial de Natal leva seu enredo para o início de 1920.
A terceira temporada decorre entre 1920 e 1921, e a quarta começa em Fevereiro de 1922 e decorre até ao verão de 1923.” (Texto daqui)

O trailler oficial

Algumas fotos da série


Siiim! É a criada “You know nothing, John Snow”! Entendedores entenderão… 😛

E aí, ficaram interessados? Já assistem? Por favor, só não vale spoiler, hein!!!

{Série} Unbreakable Kimmy Schmidt

Em 21.04.2015   Arquivado em Séries

E aí galerinha!! Como vocês estão?

Hoje eu venho falar sobre uma série que eu simplesmente devorei em alguns dias. É a Unbreakable Kimmy Schmidt, uma série exclusiva da Netflix. Apareceu lá na minha página inicial como sugestão e eu fui ver o episódio piloto pra ver qual era a da série… rsrsrs… Eu achei tão engraçado e tão sem noção, que fui vendo um episódio atrás do outro!! Pena que até agora só tem a Temporada 1 disponível, mas creio que deve continuar, porque fui conversar sobre a série e vi que várias meninas também assistem.

Kimmy é uma mulher-toupeira. Ela foi presa em um abrigo por 15 anos com outras mulheres, e seu sequestrador disse que o mundo tinha acabado, mas elas eram as únicas que haviam sobrevivido. Elas eram mantidas em um túnel subterrâneo acreditando que nem adiantava fugir, afinal de contas, nada tinha sobrado do lado de fora. Depois de mais de uma década presas, elas conseguem ser achadas pela polícia e são resgatadas, e aí começa a série, onde essas mulheres precisam se adaptar à nova/velha vida, com tecnologias novas, 15 anos de estudos atrasados e uma grande bagagem como mulher-toupeira.

Dá uma olhada no trailler oficial:

Quem assiste também essa série super engraçada? *—-*

Página 1 de 212