Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

Eu e minha mania de Hermione Granger

Não é incomum algum colega de classe dizer que eu sou polêmica. Se você já fez algum curso comigo, vai saber que o que eu estou falando é verdade.

Sabe a Hermione, né? Então, sou eu. Ela sou eu. Eu sou ela. J.K. Rowlling me espionou na sala pra escrever Harry Potter. Sou um estudo de caso que virou personagem de um best seller.

Sempre chego cedo. Sempre. E sento na frente ou o mais na frente possível. Se chego atrasada fico reclamando comigo mesma o resto da aula, e na próxima, chego mais cedo do que o cedo que costumo chegar, só pra compensar a falta de disciplina da última vez. Parece maluquice, e talvez seja. Mas quando a gente finalmente se acha no mundo, quer fazer tudo certo, e isso não é um sacrifício.

E sabe quando o professor pergunta e a Hermione levanta a mão? Ela sempre levanta a mão, porque ela é uma sabichona que leu tudo e sempre tem alguma coisa pra compartilhar. Eu. Meus amigos devem me odiar. Ou ficar aliviados, porque se eles não leram, não tem problema, eu vou responder mesmo… Rs…

Mas minha mania mais polêmica é puxar assunto polêmico. Lembra quando a Herminone perguntou sobre Nicolas Flamel na sala e tudo mundo ficou se entreolhando e a professora ficou meio sem jeito? Por favor, alguém passa uma fita crepe na minha boca, PORQUE ESSA SOU EU. Juro que não faço por mal, mas eu fico agoniada quando um professor fica falando e falando e ninguém fala, ninguém participa, ninguém debate. E principalmente, fico agoniada quando as questões tratadas são superficiais. Pombas!!!

Primeiro: eu sei a droga que é você dar aula e falar todo o tempo e ninguém comentar nada. É desesperador. É como se você falasse pra parede, é como se sua voz fosse irritante e você quisesse virar a mesa e largar a aula pela metade. Você se pergunta se alguém está entendendo alguma coisa ou por que raios ninguém abre a boca!

Segundo: acredito que o tempo da aula é precioso. Vamos debater sempre os pontos mais críticos, ok? Se eu falo sobre A e B na aula e em casa tenho que ler sobre ACB³ eu me jogo da janela. Por favor, vamos discutir o mais difícil, o mais crítico, e deixar o estudo de casa apenas como complementação.

Terceiro: vamos compartilhar conhecimentos. Não há nada pior do que a pessoa que acha que sabe e não quer compartilhar poque quer reter o conhecimento pra si. Isso é coisa de gente egoísta, mesquinha, e acima de tudo, insegura. Quem sabe e se garante tem prazer em ajudar.

Por favor, não me matem com esse post! Eu só me meto em boca com essa minha mania de Hermione Granger! Mas é assim que eu penso… Rs…

Ps.: Eu queria um vira-tempo pra conseguir fazer todos os cursos e matérias ao mesmo tempo e me formar logo! Rs…

Metas para 2017
{Teatro} VeRo – Cia de dança Déborah Colker
O poder transformador de uma fraqueza

4 comentários
  • Luciana Denadary

    Eu também gosto da Hermione e me identifico com ela ^_^

    [Reply]

    Mariana Reply:

    :)

    [Reply]

    Responder
  • Chell

    Aiai, eu era uma nerdizinha também. Tenho que tirar notas ótimas, entregar no prazo, fazer tudo lindo e caprichado hahahaha Então tocae =D

    [Reply]

    Mariana Reply:

    aiiiiiiiiiiiiiii o///
    hehehehehe…

    [Reply]

    Responder