Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

Galinha Pintadinha e Peppa? Cuspi pra cima…

…e caiu na minha cara!

Quando eu estava grávida, condenava veementemente as mães que colocavam as crianças na frente da TV vendo Peppa, Galinha Pintadinha e afins. Achava o Discovery Kids uma máquina hipnotizadora de crianças, uma babá eletrônica, pras mães poderem fazer coisas menos importantes e não darem importância pro principal: o filho.

Achava que a mãe tinha que ficar em função do filho o tempo todo, brincando, conversando, lendo história. Isso ia fazer o filho desenvolver muito mais rápido. Quando ele dormisse a mãe podia tomar banho e fazer outras coisas menos importantes.

Logo quando Rodrigo nasceu eu vi que a coisa na prática ia ser bem diferente. Eu achava que eles dormiam MUITO mais do que dormem realmente, e ainda mais não tendo ajuda nenhuma (nem mãe, nem sogra, nem empregada) fica bem difícil ficar em função do meu filho o dia inteiro.

Se eu fizer isso, eu não como, ele não come, ninguém toma banho, troca de roupa……… NADA! Porque tudo depende de mim. E hoje, a Peppa, a Galinha Pintadinha, o Peixonauta, os Backyardigans e muitos outros, são meus companheiros e ajudantes na criação do meu filho.

É triste eu falar isso, porque eu realmente tinha uma outra visão da coisa toda, mas se eu não deixar meu filho por um tempo todo dia entretido com brinquedos e TV eu não consigo fazer nada das tarefas domésticas, e muito menos estudar!

Eu fico pensando onde eu estava com a cabeça quando eu pensei que eu poderia ficar o dia inteiro com meu filho e conseguiria fazer TODAS as tarefas domésticas mais cuidar de mim mesma no tempo de cochilo do Rodrigo. Quanto mais a criança cresce, menos ela dorme. Se antes eu não conseguia dar conta, hoje, com uma criança maior e fazendo MUITO mais besteira e dormindo BEM menos, como eu consigo? Não tem como… Infelizmente eu preciso da Peppa pra poder fazer cocô em paz.

Princípios montessorianos para a educação do seu filho
Sobre a formação de leitores no Brasil
Quando meu filho vai parar de babar?

5 comentários
  • Miriam

    Hehehe! Lembro que quando vi o seu post "era uma mãe perfeita até ter filho" comecei a pensar sobre isso e de como é fácil julgar quando não se tem ideia ddi que a pessoa realmente passa… É inevitável pensar "ah, mas eu vou pelo menos tentar fazer diferente!", mas na prática a história é outra mesmo, rs. Mas faz parte e a gente aprende. Gosto de ler essas coisas no seu blog pq aí pelo menos já vou aprendendo algumas coisas adiantadas! Hehehe
    Adorei o post! Mil beijinhos!

    [Reply]

    Mariana Reply:

    a gente sempre acha que vai fazer melhor… hahahahahah… mas o bom é que eu tomo na cara, e me arrependo e fico mais humilde… 😛
    bjos

    [Reply]

    Responder
  • Bianca

    Quando eu comecei a ver esses desenhos por causa de um sobrinho que passou uma semana aqui em casa eu também achei lavagem cerebral, mas depois percebi que tinham ALGUNS desenhos que eram educativos. A conclusão é que tudo na vida tem seu lado bom e o lado ruim , o que devemos fazer é saber balancear , moderação é o segredo! Rs

    [Reply]

    Mariana Reply:

    é verdade! eu procuro deixar apenas enquanto não posso ficar com ele 😉
    bjos

    [Reply]

    Responder