GMPV #04 – Preparando seu bolso

Em 13.10.2014   Arquivado em Maternidade

Hoje vamos falar do 4º passo para uma gravidez tranquila, e tenha em mente que esse é um passo tão importante quanto os outros. Preparar seu bolso é felicidade pra você, pro seu marido, pro seu filho e alívio na hora de dormir.

Vocês devem ver por aí à sua volta (não preciso contar) como os casais ficam mal quando as finanças não vão bem. Além disso, essa é uma das principais razões para divórcio no mundo!! Ter um bebê é uma bênção pra um casal. É importante que vocês juntos se programem pra que as dificuldades financeiras não tirem o foco de um momento que deveria ser tão especial.

Pra começar, eu vou responder logo sobre duas coisas que ouvi durante minha gravidez inteira, de zilhões de pessoas diferentes:

É verdade que um filho custa caro? Sim!!!
É verdade que nunca mais você vai poder comprar alguma coisa pra você sem sentir culpa por estar deixando de comprar pro filho? Não!!!

Muita gente adora fazer drama. Adora aumentar as coisas, pra se mostrar pra você como se fosse a maior mãe-guerreira do mundo, porque sobrepujou o maior maremoto já visto nesta Terra, quando a onda tinha 2 metros. Vejam bem a minha comparação!! Uma onda de 2 metros é bem grande!! Mas não é um maremoto. É possível sim ter uma gravidez tranquila, comprar tudo que seu filho precisa (não o que você gostaria de dar pra ele) e continuar sem se descabelar por causa de dinheiro.

Os itens que “comem” o seu dinheiro:

Plano de saúde (aqui)
Anestesista e auxiliar de anestesista no parto
Enxoval pro bebê
Móveis pro quarto do bebê (aqui)

Enlouqueceu? Hahaha… Vamos ver então algumas coisas que vocês podem fazer pra contornar todas essas gastações sem pirar:

Esse é um item muito pessoal. Nem todo mundo acredita nisso e nem todo mundo tem a mesma religião que a minha, mas eu preciso incluir isso aqui, se não, não seria eu.

Eu acredito sim que a fé te ajuda a fazer as coisas darem certo. Acredito que Deus vai abrir portas pra você, quando você escolhe trazer os filhos Dele a esta Terra. Esse foi um mandamento dado a Adão e Eva, de multiplicarem e encherem a Terra, e ele continua em vigor. Eu sou prova viva disso. O Senhor me ajuda MUITO a cada dia, a ajuda vem de onde eu nunca imaginava.

Planejamento e Reserva Financeira

Ter fé é lindo e funciona sim, mas Deus não vai fazer chover 30 pacotes de fraldas M pra você colocar na bunda do seu filho, e você sentada vendo TV. Você precisa fazer um planejamento financeiro pra receber esse bebezinho que vai chegar.

O ideal é planejar antes de engravidar, ver quanto vocês podem juntar por mês, e pagar todas as dívidas antes de fazer uma nova despesa eterna. Claro, esses posts do guia, como eu falei antes, não é pra você ficar com coraçõezinhos flutuando em cima da cabeça, é pra te chamar à realidade. E sim, seu filho é uma despesa eterna. Você pode procurar na internet algumas planilhas de orçamento e começar ONTEM a planejar pra não se descabelar.

É preciso ter uma reserva financeira pra se acontecer alguma emergência você ter fundos pra arcar com ela. Gravidez é instabilidade, um dia você está bem, outro você pode não estar. Você pode precisar fazer exames que não são cobertos por nenhum plano. É preciso ter dinheiro pra suprir isso.

Outra coisa que ninguém fala é que no parto, mesmo aqueles cobertos pelo plano, você precisa pagar por fora o anestesista e o auxiliar (alguns planos de saúde reembolsam total ou parcialmente esse valor, mas de qualquer maneira você precisa ter o dinheiro em mãos, pois paga à vista no ato do parto). Isso acontece com TODOS os partos de TODOS os planos. E não é barato. Então, é preciso juntar uma grana pra isso.

Aumentando a renda

O que você pode fazer pra aumentar a renda da sua família? O que seu marido pode fazer também? Alguns locais de trabalho permitem você fazer horas extras e ir acumulando banco de horas e receber uma bolada a cada 3 meses. Pra quem não pode fazer isso, pode inventar alguma maneira de aumentar a renda independente do trabalho formal que você tenha.

Aqui, o mais importante é se conhecer! Descubra seu talento! O que você faz bem? Você cozinha? Sabe costurar? Algumas dicas:
Dar aulas de reforço particulares;
Cozinhar pra fora (bolos, salgados…);
Trabalhos manuais (costura, bijouterias…);
Ser consultora de alguma marca conhecida (Avon, Natura…).

Tem gente que acha que isso é coisa de pobre, eu acho que isso é ganhar dinheiro honesto e se precaver. Já vendo muita bijouteria. Já fui consultora Avon e Natura, já vendi bala na escola pra ajudar minha mãe a pagar a mensalidade, já cuidei do filho da vizinha… Isso não é vergonha. Qualquer trabalho honesto é motivo de orgulho pra família.

Chá de Bebê

O chá de bebê é uma chance extra de você ter ajuda dos amigos e familiares, a suprirem um pouco das despesas de fraldas e pomadas de assaduras. Algumas mamães pedem roupas, banheira, sapatos, ou seja, intens grandes, no chá. Isso vai depender da quantidade de convidados que você vai chamar e da condição financeira deles. É preciso prestar atenção nisso, porque uma pessoa pode se sentir mal por não poder dar fralda + roupa, por exemplo, e acabar não indo e depois inventar uma desculpa.

No meu caso, eu pedi um pacote de fraldas e um pratinho de salgado (quem pudesse). Eu dei o bolo e os refris. Acabou que muitas pessoas deram além disso, roupas por fora. Mas as pessoas judando só com a fralda já ia aliviar bastante as despesas.

Meninas, espero ter dado uma luz pra vocês na questão financeira. Nunca é demais planejar e se precaver.

Beijos e até a próxima.

  • SI

    Em 13.10.2014

    Você poderia depois organizar esse material e deixar disponível para download, em pdf (ou algo assim). Eu, por exemplo, não usarei agora, mas quem sabe daqui alguns anos… Seria legal poder guardar essas dicas! =)
    Bjus e carinhos, fica com Deus.

    [Reply]

    Mariana Reply:

    ahhh! legal! não tinha pensado nisso… vou pesquisar como posso fazer…
    bjos :)

    [Reply]

  • Nanda

    Em 13.10.2014

    Mariana você estar certíssima
    o melhor é se planejar
    e ter fé que tudo vai dar certo
    o melhor do chá de bebê além das amigas reunidas
    e agente se mimada é as fraldas
    linda noite bjs

    [Reply]

    Mariana Reply:

    <3

    [Reply]

  • Karen Vanessa (@vskaren)

    Em 13.10.2014

    A melhor coisa é planejar os detalhes mesmo, especialmente na parte financeira. Quero deixar tudo resolvido, ter um dinheiro guardado e um extra sobrando da renda familiar quando for engravidar. Assim tudo fica menos difícil, né?
    Beijos, Ka.
    http://www.normalidadeincomum.com.br

    [Reply]

    Mariana Reply:

    falou bem, menos difícil rsrsrsrsrs
    bjos

    [Reply]

  • Thais Santana

    Em 13.10.2014

    Acabei de conhecer seu blog através do grupo “Nova dona de casa”.
    Adorei seu post, acredito que para ter um bebê, precisa sim , ter um planejamento financeiro. As pessoas acham que quero o dinheiro ao invés da família, e q devo ter um filho logo e depois pensar em estudar e trabalhar e que o Senhor abençoa. Eu tenho certeza que ELE abençoa, mas ele também quer quer tenhamos juizo, como vc falou, as fraldas não vão cair do céu. concordo que temos q planejar para depois não sofrer.
    Bjos

    [Reply]

    Mariana Reply:

    concordo! o Senhor abençoa, mas a gente precisa fazer a nossa parte. o pres monson falou em uma conferência geral exatamente sobre isso… uma filha dele, depois do 7º filho quase morreu, e qd ele foi visitá-la no hospital, ela perguntou se agora podia parar de ter filho… o pres monson respondeu que quantos filhos e quando eles virão, é uma responsabilidade entre o csal e o Senhor, somente.
    é mt bom ter filho. acredito que não devemos esperar o cenário ideal pra isso. eu mesma não tenho carro nem casa própria, mas o filho deve vir com um mínimo de planejamento, porque afinal, é um indivíduo, e bebês não vivem só de amor! 😉
    bjos

    [Reply]

  • Blog da Mariana Cruz » GMPV #05 – Preparando sua vida

    Em 13.10.2014

    […] que você, não tenha dúvidas disso. Ms se você for escolher isso (yaaaay!!!), é bom voltar ao passo 4 e rever as […]