Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

Isso é cantar… O resto é conversinha…

Não costumo fazer playlists aqui no blog, mas eu tenho algumas cantoras que considero muito boas em técnica, potência e extensão vocal, muitas são compositoras também (o que eu acho um máximo) e por isso eu sempre acompanho o trabalho delas. Então eu separei pra vocês alguns vídeos com elas cantando e colocando o talento pra fora mesmo hauhauah…

Aretha Franklin – Chain of fools (participação Mariah Carey)

Ela é o começo de tudo, não é? Hoje em dia, todas as grandes cantoras têm se inspirado nela. Ela fez história com sua música e suas opiniões. Pra mim, Aretha é A diva. E mesmo estando velha ainda deixa a Mariah no chinelo! hahaha…

Jennifer Hudson – Giving myself

Pra mim, é uma diva! É a Aretha Franklin da nova geração!

Alicia Keys – If ain't got you

Gosto muuuito dela. Além de cantar, ela compõe e toca piano. As músicas dela têm muita emoção. Minha única ressalva é que muitas vezes, como ela não imposta a voz, fica se esgoelando pra alcançar as notas.

Mariah Carey – Vanishing

Se você me perguntasse na minha adolescência quem era a minha cantora preferida, eu diria sem sombra de dúvidas que era a Mariah. Mas vamos combinar que hoje em dia ela está bem caída, pra não dizer que já tá na lama há muito tempo. Então eu separei um vídeo da época em que eu tinha ela como uma grande cantora e compositora.

Christina Aguilera – Walk Away

Não importa quantos quilos ela pesa, a voz dela sempre teve muita força, ela sempre teve muita técnica, e a vi poucas vezes nesses anos todos escorregando na afinação. Merece muito meu respeito e está sempre na minha playlist.

Beyoncé – Resentment

É a Queen B, né? Dança, canta, sapateia na nossa cara com esse corpo e sem borrar o rímel. Fiquei muito decepcionada com o show dela no Rock in Rio 2013 porque ela dublou, como se não fosse capaz de fazer o que ela sabe que faz. Ficaríamos muito mais gratos em ver Beyoncé sentada num banquinho cantando metade do show a ficar trocando de roupa. Foi isso que ela fez nesse vídeo e ela sabe fazer isso como quase ninguém hehe…

Joss Stone – Spoiled

Eu faço reverência pra essa menina que parece uma adolescente, mas na verdade tem a minha idade (não digo quanto é). A britânica usou todo o dinheiro que ganhou pra rescindir contrato com a gravadora, simplesmente porque ela quer fazer música, não quer espetáculo nos shows nem músicas comerciais pra vender. Ela não quer lucro, ela quer fazer o que ama. Ela compõe as próprias músicas e entra pra fazer o show de roupinha básica, descalça, sem fazer a unha. Ela vai cantar, é isso que quer mostrar e não está nem aí pra tendência no resto do mundo. <3 Merece muito o meu respeito.

Celine Dion – River Deep, Mountain High

Minha professora de canto uma vez falou que eu tinha que cantar como a Celine: fazendo a nota mais alta com a facilidade de quem lixa a unha. É claro que eu não estou nem perto disso e nem tenho a pretenão de ser tão boa como ela, mas depois desse comentário da minha professora eu comecei a reparar muito na técnica da Celine, e ela sempre me surpreende com o controle que ela tem. Ela sabe o que faz totalmente.

Annie Haslam – Let it grow

Não é do meu tempo, nem deve ser do seu. Mas cresci escutando Renaissence, e meus ouvidos entenderam como ela é boa, afinada, técnica maravilhosa. Passei a respeitar muito o trabalho dela por isso.

Barbra Streisand – Medley finale (Musical My Name Is Barbra)

Mamãe! Como ela era linda e charmosa quando novinha! Ela ainda é bem bonita, mas quando nova era uma florzinha. E que voz! E como ainda consegue ter essa voz depois de tantas décadas? Eu não sei. Mas ela entra na minha lista top, com certeza! :)

Backstreet Boys (antes e depois)
{Playlist} Músicas mais tocadas por mim em 2016
{Playlist} Maria Rita

2 comentários
  • Mari

    Adorei sua lista. Temos gosto parecido. :)

    [Reply]

    Mariana Cruz Reply:

    eu acho que a gente só tem diferente mesmo é a carteira de identidade rsrsrsrsrs
    bjos

    [Reply]

    Responder