{Minhas impressões} Prometo Falhar

Em 22.06.2015   Arquivado em Livros

Helloooo… Hoje eu vim aqui falar pra vocês sobre as impressões que eu tive com o Livro “Prometo Falhar”, que é lançamento da Novo Conceito.

Prometo falhar é um livro escrito por um autor português, chamado Pedro Chagas Freitas. Nunca tinha lido nada dele antes. A prévia de livro que a Novo Conceito enviou pra mim tem as primeiras 30 páginas. Vou listar algumas coisas que eu reparei e senti durante esse pedacinho de livro:

Por ser um livro escrito em português (de Portugal), eles tiveram que fazer adaptação pro “brasileiro” mas mesmo assim alguns termos você nota que não é o usual do Brasil, é mais de Portugal mesmo. Mas de uma maneira geral a adaptação ficou muito boa. É isso aí mesmo, a gente está lendo um escritor português.
A pontuação e a maneira como ele escreve também é diferente. Eu notei que muitas vezes eu usaria ponto final, mas ele coloca vírgula e vai indo, vai indo. Às vezes um parágrafo tem uma frase só, e isso me dá muita agonia.
Não estou muito acostumada a ler livro de crônicas, por isso foi difícil pra mim. Eu tinha que me desligar de uma pra poder ler outra. E isso demorava um tempo, porque cada crônica era tão linda que eu ficava um tempo refletindo pra então ter coragem de começar mais uma.
O livro é tão e tão somente sobre o amor. E eu acho que nunca li um livro tão lindo. Eu me apaixonei MUITO em 30 páginas e estou ansiosa pra ler o resto!!! Fiquei muito sentimental lendo esse livro… Rs…

Alguns trechos pra vocês se apaixonarem junto comigo:

“O amor só existe quando dois mundos se unem sem fazer a mínima ideia de como vão se unir.” (Pág. 10)

“Prometo te amar até o limite, te beijar até a última fronteira, correr quando bastava andar, saltar quando bastava correr, voar quando bastava saltar. Prometo te abraçar com o interior dos ossos, percorrer a sua carne com a fome absoluta, e ir à procura do orgasmo todos os dias, a toda hora, encontrar a doce felicidade no doce absurdo que nos soubermos destinar. Prometo falhar. Sem hesitar. Prometo ser humano, aqui e ali ser incoerente, aqui e ali dizer a palavra errada, a frase errada, até o texto errado, aqui e ali agir sem pensar, para que raios serve pensar quando te amo tão desalmadamente assim? Prometo compreender, prometo querer, prometo acreditar. Prometo insistir, prometo lutar, descobrir, aprender, ensinar. Tudo para te dizer que prometo falhar. E Deus te livre de não me prometer o mesmo.” (Pág. 11)

“A sua avó era a melhor cozinheira do mundo, ninguém tenha dúvida disso, eu já disse que tenho certeza de que Deus só a levou para comer bem?,” (Pág. 26)

“Está vendo essa cômoda aí ao seu lado?, comprei-a de surpresa, tinha acabado de receber as férias e quis ser feliz,
(…)
E então eu trouxe a cômoda e a casa toda estava cheia e ficou feliz comigo, o Afonso e o seu pai me ajudaram a montar, foram três horas tão boas,
A vida no fundo pode não ser mais do que três horas tão boas, aproveite-as sempre que puder, promete?”
(Pág. 26)

Quem gostou pode comprar o livro por aqui:

  • Aline T.K.M.

    Em 22.06.2015

    Está aí um livro que estou aguardando ansiosamente para ler. Recebi essa amostrinha da Novo Conceito, mas como não terei tempo de lê-la até o lançamento, optei por esperar o livro de verdade mesmo. Gosto muito de crônicas e narrativas curtas em geral, e o fato de o autor ser português foi o que mais me atraiu. Tenho muito interesse em conhecer mais da literatura portuguesa – o único autor português que li, pelo menos que me lembre, foi Saramago, de quem sou fã.

    Beijos, Livro Lab

    [Reply]

    Mariana Reply:

    omg vc gosta de saramago? *—-*
    eu tb estou esperando ansiosa o lançamento desse livro 😉
    bjos

    [Reply]