Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

Mamãe Home Office: Como se organizar

homeoffice

Olá galerinha! Como vocês estão?

Na verdade eu nem sei se eu tenho know-how suficiente pra fazer esse post, tendo em vista que eu realmente ainda preciso melhorar muito no meu processo de organização para ser uma mamãe home office satisfatória, ao meu ver. Porém, depois de quase 2 anos em casa com bebê, acho que já sei tirar de letra bem mais do que no começo. Então vambora… 😛

O que mais desespera uma mulher quando ela resolve fazer home office é o acúmulo de tarefas. Isso é fato. Tem a casa toda pra cuidar e administrar, e só isso, por si só, já é trabalho pra caramba. Mas adicionado a isso tem a família que mora com ela debaixo do mesmo teto e mais o trabalho. No meu caso, ainda tenho a igreja e a faculdade. Então, tem dias que dá vontade de chorar. Até hoje. Parece que as tarefas nunca acabam. E principalmente, tem dias que parece que você tem um mês de trabalho acumulado pra realizar, em todas as áreas.

Eu estava vivendo num verdadeiro caos esses últimos tempos com esse maldito acúmulo de tarefas. Se com as funções de mãe, dona de casa, blogueira e líder na igreja eu já surtava, quando adicionei o status estudante a coisa piorou de vez. Eu acordava num pulo todo dia de manhã, com o Rodrigo chorando de fome, e aí começava minha vida matinal, já toda errada. Ficava o dia inteiro correndo atrás do tempo, até o ponto de sentar e chorar. Mas com o tempo e com a prática consegui melhorar algumas coisas, pois desenvolvi alguns métodos de organização de tempo e tarefas, que vou compartilhar com vocês aqui.

Lugar de filho é na escola (ou creche)

Primeiro de tudo: não sonhe que você está em casa pro seu filho. Se você trabalha em casa, você trabalha, só que em casa. Nesse tempo, não tem como cuidar do filho. Por isso, é importante saber que lugar de filho é na escola, enquanto você trabalha. Se você quer trabalhar meio período pra ficar o resto do dia com ele, ótimo, coloque seu filho apenas meio período na escola. Mas não se engane que você vai conseguir trabalhar e cuidar dele ao mesmo tempo. Essas duas tarefas não coexistem.

Lista de tarefas (priorizando o mais importante)

Filho na escola? Ok. Então agora é hora de começar a se organizar. Eu utilizo 2 recursos para lista de tarefas: o bom e velho papel, e o Google Keep. Esses dois recursos me ajudam a saber tudo que eu preciso fazer, e os passos pra conseguir realizar.

O papel eu uso listas de coisas urgentes, que precisam ser feitas naquele dia, ou naquela manhã. Já o Google Keep são tarefas mais complexas, que precisam de muitas outras coisas para serem concluídas. Um exemplo: eu preciso fazer um post com uma receita. Então no Google Keep, na lista do blog, lá está o item do post com a receita. Mas no meu papel estão todos os ingredientes que faltam comprar no mercado e o aviso de colocar a câmera pra carregar pra tirar as fotos do post. Sacou?

Assim… essa é uma sugestão. Eu me organizo bem dessa maneira, mas cada um encontra seu próprio método. O importante é entender que você precisa listar tudo que você tem que fazer e priorizar o mais importante e começar por esses. Normalmente nós tendemos a começar pelo mais fácil, e o mais difícil vamos procrastinando. O resultado disso é que chega uma hora que você só tem tarefa super difícil e trabalhosa pra fazer, e nessa hora bate o desânimo e vontade de largar tudo, porque parece que você faz, faz, e nunca dá resultado. Pra evitar isso, a organização e a priorização é super importante.

Estipular horários

Disciplina é a palavra-chave pra quem trabalha de casa. Se o seu filho vai pra escola na parte da manhã, você precisa estipular seu horário de trabalho na parte da manhã. Se quiser, ainda pode subdividir esse horário de trabalho em fases, caso haja necessidade. Mas o importante é entender que horário de trabalho é horário de trabalho. Não rola ir ao mercado, pagar conta, olhar o Facebook. A não ser que essas tarefas façam parte da sua rotina mesmo. Quem trabalha com mídias sociais trabalha com Facebook, Twitter, Instagram… Enfim, tudo isso. Então se você é um desses, ok.

Deixar claro para quem mora com você o seu cronograma

Essa é a parte crítica. Quando você divide a casa com alguém, principalmente se trabalha com mídias sociais, as pessoas acham que você está no Facebook brincando. Ou mesmo que não trabalhe, as pessoas não entendem que você precisa de concentração. A empregada tem que saber que não pode ficar chamando você a cada 15 minutos. Se morar com marido ou mãe, eles têm que entender que você não vai parar pra ver a reportagem imperdível no noticiário ou a receita fabulosa que a Ana Maria está fazendo naquele dia, porque você está trabalhando. Mostre seu cronograma pra todos!!!

O ideal nesse caso é você ter um cômodo onde você monte seu home office, e possa entrar e trancar a porta quando estiver trabalhando. Porém, se não puder fazer isso, somente a imposição dos horários de trabalho e a compreensão dos outros têm que funcionar.

Eu, particularmente, não gosto de home office no quarto de dormir. Porque você não consegue se desligar das coisas. Se você está trabalhando cansado, vai ficar olhando pra cama o tempo todo, vai ser punk. E quando você pára de trabalhar, ainda fica deitado na cama olhando pro computador e relembrando tudo que deveria não lembrar na cama. Se na pior das hipóteses precisar mesmo fazer no quarto, pode colocar um biombo ou uma estante como recurso pra separar as áreas de trabalho e dormir.

Tipo assim:

É um exemplo liiindo. Além de estar separada por uma estante, ainda tem uma cortina com trilho no teto pra você isolar a cama. Esse é um ótimo recurso pra quem não tem outro cômodo pra montar a área de trabalho.

Não se iluda

Você não vai conseguir fazer tudo sozinha. Não tenha essa ilusão. Quando trabalhamos de casa, trabalhamos mais do que no escritório. De casa, é tudo por sua conta, e você tem que dar conta. E principalmente no começo, o trabalho pode ser que não seja tão rentável, então você precisa trabalhar mais horas pra poder fazer a mesma quantia.

E o que isso quer dizer?

Que não adianta se iludir com a imagem da Mulher Maravilha achando que você vai acordar, arrumar o filho, levar pro colégio, voltar, trabalhar, fazer almoço, ir no mercado, fazer faxina, pagar conta, blá blá blá… Isso é humanamente impossível. Minha casa é bem menos arrumada e limpa do que eu gostaria, mas eu priorizei o que eu achei mais importante: trabalhar, estudar, ficar com meu filho. Arrumar e limpar casa entra em 4º lugar, então eu encaro meu "momento Maria" dessa maneira.

E aí? Você é uma mamãe home office? É empreendedora? Conta pra mim como você se organiza? Vamos trocar ideias?

Beijos :)

Autoconhecimento através da astrologia
{App} Doodle Face
Bem vindo 2016!!!

2 comentários
  • Winnie

    Minha dificuldade era de separar as coisas. Colocava o filho na escola e quando via ja estava fazendo as coisas de casa. Agora ja consigo sentar e deixar a casa de lado. Mas ainda me incomodo muito quando esta desorganizado hahahah

    [Reply]

    Mariana Reply:

    cara… eu tb fico agoniada, mas to aprendendo a fazer vista grossa rsrsrs… se não a gente nunca trabalha 😛

    [Reply]

    Responder