Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Tag} Palavras cruzadas

Queria pedir desculpas pelo meu sumiço (sem aviso prévio). Tirei umas férias daqui. Estava precisando. Vocês me entendem, né???
Fiquei firme e forte durante as festas de fim de ano, mas chegou uma hora que eu precisava descansar, sair da frente do pc, estudar, curtir um pouco minha vida fora internet.
Mas agora voltei! \o/

Genteee… Estou há um tempão pra fazer esse memê aqui. Está há tanto tempo como rascunho aqui que eu nem me lembro mais quem me indicou. Sorry :(

Mas vamos lá. Antes de começar, deixa eu explicar como é: Você precisa indicar um livro pra cada categoria, e no final, indicar algumas blogueiras para fazer também. Então vamos lá? :)

1. “Vox Populi”: Um livro que recomendaria para todo mundo.

O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry.
Embora pareça ser um livro pra criança, baixinhos e altinhos deveriam lê-lo e relê-lo periodicamente.

2. “Maldito Plágio!”: Um livro que gostaria de ter escrito.

Harry Potter – J. K. Rowling.
Uma vez vi uma entrevista da J. K. Rowling falando que ela teve a ideia do Harry dentro do metrô. Algumas palavras vieram à cabeça dela, como: bruxo, Harry, órfão. Muitas vezes eu também já tive insights de contextos de livros, mas nunca levei pra frente por achar simples demais. Ela contando de como o Harry surgiu, foi uma coisa tão simples que eu pensei na hora: "Nossa! Poderia ser eu!" Hahaha…

3. Não vale a pena derrubar árvores por causa disto.

Qualquer livro do John Green.

4. “Não é você, sou eu!”: Um livro bom lido na hora errada.

O Castelo de Vidro – Jeannette Walls.
Já comentei aqui que eu abandonei várias vezes esse livro antes de engatar de vez. Mas o problema não era do livro, o problema era meu, porque não estava aguentando ouvir as verdades que ele continha… rsrsrs…

5. “Eu tentei…”: Um livro que tentou ler mas não conseguiu.

Amor é Prosa, Sexo é Poesia – Arnaldo Jabor.
Eu já não gosto muito de crônicas, e esse livro não me prendeu meeeeesmo. Achei os textos muito rasos. Aí, parei loguinho, não aguentei.

6. “Hã?”: Um livro que leu e não entendeu nada/ou um livro que teve um final surpreendente.

Harry Potter e o Enigma do Príncipe – J. K. Rowling.
Bom, vai que alguém chegou de Marte agora e nunca viu os filmes nem leu os livros do HP!!! Só por isso eu não posso dizer como pra mim foi MUITO surpreendente algo que aconteceu no final desse livro.

7. “Foi bom, não foi?”: Um livro que devorou.

A Saga Crepúsculo – Stephenie Meyer.
Devoreeeei… Virava as noites!

8. Entre livros e tachos: Um personagem que gostaria que cozinhasse para você.

Sra Weasley.
Com tantos filhos nesse mundo, é claro que ela deve saber cozinhar MUITO bem… hehehe…

9. Fast Forward: Um livro que podia ter menos páginas que não se perdia nada.

O teorema Katherine – John Green.
Na verdade eu pulei váaaarias páginas e não mudou nada na minha leitura… hahaha… Ô livrinho chato.

10. Às cegas: Um livro que escolheria só por causa do título.

Cante para eu dormir – Angela Morrison.
Só o nome é muito amor, né? <3

11. “O que conta é o interior”: Um livro bom com uma capa feia.

O cortiço – Aluísio Azevedo.
Eu lembro que quando eu li esse livro pra escola, peguei emprestado na biblioteca. Sabe aqueles livros de capa dura velhos, com as páginas amareladas, que só tem o nome do livro na capa? Então… Mas eu me lembro que apesar da capa ter sido muito feia, eu amei!

12. “Rir é o melhor remédio”: Um livro que tenha feito você rir.

Por que os homens mentem e as mulheres choram? – Allan & Barbara Pease.
Vocês não têm noção de como eu chorava de rir lendo esse livro. Só li verdades, e verdades hilárias. Eles abordam de forma bem descontraída as diferenças entre os homens e as mulheres.

13. “Tragam-me os Kleenex, por favor.”: Um livro que tenha feito chorar.

A noite – Elie Wiesel.
Tudo dos campos de concentração já são, por si só, bem emotivos pra mim. Agora, uma história dos campos aos olhos de uma criança? É de partir o coração de qualquer um.

14. “Este livro tem um V de volta”: Um livro que não emprestaria para ninguém.

Na verdade eu não empresto livros pra ninguém, nunca! Rs… As poucas vezes que eu emprestei livro, e pra pessoas de total confiança, mesmo assim eu me aborreci ou o livro não voltou, então, nunca mais!!!

15. “Espera aí que já te atendo”: Um livro ou autor que está adiando constantemente.

A tríade do tempo – Christian Barbosa.
Ganhei esse livro de uma amiga mas eu simplesmente nunca tive coragem de começar a ler, porque eu sei que quando eu começar vou ter que virar minha vida de cabeça pra baixo. Eu simplesmente não sei administrar bem meu tempo, mas eu consigo me achar na minha zona. Aprender a organizar tudo vai desorganizar a minha cabeça… hehehe…

Ufa! Foi difícil mas eu consegui! \o/

Agora, vamos às meninas que eu estou indicando!!
Karen Vanessa (Normalidade Incomum)
Maria Ienke (Novas Alices)
A mamãe do ano Jeh Asato (Di Moça)
Michelli (Chocottone)

PROMETO FALHAR, de Pedro Chagas Freitas | Rascunho Literário
A IRMÃ DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário
TRÊS DIAS PARA SEMPRE, de Janda Montenegro | Rascunho Literário

2 comentários
  • Chell

    Que foooofoo! Adorei ser indicada!

    E eu quero uma Sra. Weasley também =D

    [Reply]

    Mariana Reply:

    :3

    [Reply]

    Responder