Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Minhas impressões} Dez coisas que aprendi sobre o amor – Sarah Butler

Olá pessoal! Como vocês estão?

Hoje o post é mais do que especial. A Novo Conceito está lançando livro novo!!! #todoscomemoram O nome do livro é 10 coisas que aprendi sobre o amor, e o nome da autora é Sarah Butler.

Sinopse:

"A história fala sobre duas pessoas completamente diferentes e, ao mesmo tempo, que complementam-se: Daniel, um mendigo que lista diariamente os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu; e Alice, que não se sente à vontade entre a família que a cerca e também tem a sua lista, de coisas que a tornam feliz ou triste. O que eles tem em comum, devem estar me perguntando? O amor, é claro, esse sentimento que se torna um dos personagens principais, presente em toda a história."

Minhas impressões:

Ahhhhh!!! A Novo Conceito me mandou uma amostra do livro em primeira mão, e como foram só alguns capítulos, ficou tudo pela metade na minha cabeça. Eu acho que fiz uma ligação entre os personagens, mas não sei se o que eu pensei foi o certo. Claro que não vou contar pra vocês, porque não quero que perca a graça. Mas sim, o livro é instigante e emocionante.

A Novo Conceito pediu pra que eu fizesse também minha lista com 10 coisas que aprendi sobre o amor, então aí vai!!!

10 coisas que eu aprendi sobre o amor:

Amor não se pede, ou a pessoa dá livremente, ou você deve partir pra próxima, mesmo que doa muito;
Amor é sobre ceder;
Amor é companheirismo;
Amor é cuidar do outro como se fosse a coisa mais preciosa que você tem no mundo;
Amor é dar apoio nos piores momentos;
Amor é se conectar de corpo e alma;
Amor é decidir amar as qualidades e decidir não ver os defeitos;
Amor é quando você se sente completo e seguro dormindo de conchinha;
Amor é quando o cheiro dele faz seu coração ficar quentinho;
Amor é aquilo que você sente quando vê a pessoa dormindo.

Citações:

"Saímos uma vez — um fim de semana em Brighton —, um tempo arrebatador, perfeito. Tomamos sorvete e comemos peixe e batatas fritas. Nós — parece errado dizer isso para você —, mas nós fizemos amor num hotelzinho barato com vista para o mar.
Estou mentindo quando digo que foi perfeito. Foi cinzento e triste. Fiquei com raiva: palavras duras no quarto alugado. Assim os olhos dela se fechavam e seus lábios se enrijeciam. Acho que era difícil para
ela também.
Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar; aprendi isso sobre mim mesmo. Não é algo que torne a vida mais fácil."

"Hoje meu coração está forte. Sigo a forma do rio, procurando cores. Desde que eu seja discreto, ninguém dará muita atenção a um velho enchendo os bolsos com porcarias. Há pessoas na minha situação que ficam no mesmo lugar, que desenham uma linha invisível ao redor de si mesmas e não a ultrapassam, mas não sei onde você está, por isso continuo me movendo."

Vocês ficaram tão curiosos quanto eu? Eu tô roendo as unhas! 😉

A HERANÇA DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário
PROMETO FALHAR, de Pedro Chagas Freitas | Rascunho Literário
A IRMÃ DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário