Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Minhas impressões} Todos os nossos ontens – Cristin Terrill

Sinopse

"Presa no coração de uma base militar secreta, Em não tem nada além da voz do menino da cela ao lado e a lista de instruções que ela encontra dentro do ralo. Apenas Em pode concluir a instrução final. Ela tentou de tudo para evitar a criação de uma máquina do tempo que vai destruir o mundo. Cada tentativa fracassada no passado a levou para o mesmo presente terrível: presa e torturada pelo homem sádico chamado apenas de “doutor”. Marina ama seu melhor amigo, James, desde que eles eram crianças. Um lindo e introvertido prodígio da ciência de uma das famílias mais famosas dos Estados Unidos. James finalmente parece também estar vendo Marina de um jeito diferente. Porém, em uma noite desastrosa, a vida de James entra em colapso e, com ela, as esperanças de Marina para o futuro. Marina vai proteger James, não importa o que aconteça. Mesmo que isso signifique não sobreviver… pelo menos, não como a menina que era antes. Em e Marina estão em uma corrida contra o tempo, e apenas uma delas pode vencer."

Minhas impressões

Cara… Vou te falar… Esse livro promete!!! Juro!!! Quem já leu Fortaleza Digital do Dan Brown e gostou, vai gostar desse também. É o meu caso… Rs… Em (sim, é um nome bem estranho pra uma mulher) está revoltada porque está presa e não sabe por quê. Ela tem um amigo (um flerte?) na cela ao lado. Eles se comunicam por um respiro na parede. Desde que foi presa, Em olha pra um ralo que tem na sua cela, e acha que essa é a única maneira de sair dali. Um belo dia ela se revolta e arma um plano pra conseguir uma colher pra tentar fazer de chave de fenda pra abrir o parafuso e destravar a tampa do ralo. O plano (mirabolante, devo admitir) dá certo e ela destrava o ralo. Lá dentro ela encontra nada menos que um saquinho com um papel com um bilhete escrito por ela mesma. No bilhete diz que ela e o amigo da cela ao lado já escaparam daquela prisão de segurança máxima nada menos que 14 vezes. Só tem um problema nisso tudo: a falta da colher não vai passar em branco pelos guardas e médicos.

Sério… Eu pirei com os capítulos iniciais desse livro e fiquei com gostinho de quero mais. Estou contando os dias pro lançamento e acredito que esse é um bom candidato pra meu livro preferido de 2015! <3 Beijos!!!

A HERANÇA DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário
PROMETO FALHAR, de Pedro Chagas Freitas | Rascunho Literário
A IRMÃ DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário