Butterfly Soul

Butterfly Soul

Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Livro} O Castelo de Vidro – Jeannette Walls

Título: O Castelo de Vidro

Autor: Jeannette Walls

Rating:

Quando a gente reconhece uma pessoa que realmente é vencedora, acho que é digno de no mínimo uma nota em sua vida. Mas com esse livro é diferente. Jeannette Walls não se tornou na minha cabeça mais uma pessoa vencedora, e sim uma guerreira, ela e seus irmãos, que tem garra, fibra e força pra vencer os desafios. Crianças que são milhares de vezes mais fortes pra enfrentar a vida do que muito marmanjo de terno e gravata por aí. F-A-T-O.

Juro que abandonei a leitura umas 3 vezes desse livro. Não por ele ser ruim, mas porque você precisa estar preparada psicologicamente pra ler a dura realidade que dá um tapa na sua cara. E também eu vejo muitas semelhanças entre ela e eu, entre nossas famílias, entre nossas histórias, e pra mim, dava um nó no estômago começar a ler e reavivar algumas lembranças minhas. Não que eu tenha comido catando do lixo, mas as semelhanças são muito mais profundas que isso.

Os sentimentos estão sempre à flor da pele nesse livro, seja na história, seja em você, que é o mesmo. Se você tá cansado de ler historinhas de princesas, com vidas perfeitas e um pedrinha no caminho, vale muito a pena ler esse livro. Jeannette se tornou mais do que uma escritora pra mim. Se tornou um exemplo de vida, um modelo a quem você deve se inspirar. Uma camaleoa que teve forças pra sair das situações mais precárias a que um ser humano pode viver e ser uma vencedora, por seus próprios méritos. Só seus MESMO. Queria falar mais sobre ele, mas não quero spoiller.

Ler o Castelo de Vidro me deu vontade de escrever minha própria história, mas não sei se seria forte como ela, se teria estômago pra expor tudo e aguentar o tranco de milhares de pessoas lendo suas vergonhas familiares mais profundas. Muito menos teria coragem de ir conversar com a Oprah sobre isso… hahahaha…

Acho… não, tenho certeza, que virou um livro de cabeceira pra mim, que vou relê-lo muitas vezes ainda, pra ver se aprendo a ser mais forte e menos murmuradora na minha vida.

Só leia, você não vai se arrepender!!

PROMETO FALHAR, de Pedro Chagas Freitas | Rascunho Literário
A IRMÃ DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário
TRÊS DIAS PARA SEMPRE, de Janda Montenegro | Rascunho Literário

Sorteio "Ela Disse Acessórios"

Eu ganheeeeeeeeeeeei!!! :)
Foi meu primeiro sorteio, em toda a minha vida, no qual eu fui ganhadora.

Na verdade eu nem acreditei quando a Ju do Ela Disse Acessórios entrou em contato comigo dizendo que eu havia ganhado e solicitando o endereço para correspondência.

Hoje chegaram meus brincos maravilhosos! Eu dei o endereço do trabalho para entrega, e as meninas do trabalho também adoraram!

O brinco veio super bem embaladinho, não teve nenhum estrago na viagem dos Correios até mim. E a queridinha Ju ainda mandou um bilhetinho junto. Que fofa!

Olha como ficou em mim!

Gente, eu já estava namorando várias coisas na lojinha dela. Agora, depois de ver como chega direitinho e a qualidade da biju, com certeza serei compradora assídua. Recomendo!

Autoconhecimento através da astrologia
{App} Doodle Face
Bem vindo 2016!!!

Um achado no Youtube (The Cimorelli)

Na verdade é um achado de um tempo, já. Mas desde que eu achei o canal das meninas Cimorelli, eu não desgrudo de lá pra saber se postaram mais algumas músicas.
Elas são de uma família de 12 (sim, eu disse 12) irmãos. São 6 meninas e 6 meninos. No começo a formação da banda era diferente. Tinha um irmão homem bem mais velho tocando violão com elas, mas que depois "seguiu carreira solo". Ficaram 5 meninas. E recentemente entrou a mais nova, que deve ter uns 9 anos…

Eu sei que as meninas são novas, mas sabem muito o que estão fazendo! E cantam num acorde entre elas 6 morrendo de rir, como se fosse a coisa mais fácil do mundo. Todas tocam piano (eles tem um piano de cauda na sala deles, babem). Pelo menos uma delas eu sei que toca violão. Eu amei! Elas são muito talentosas! Dá uma olhada!

Elas trocam no piano no meio da música! :O

Quero ter 12 filhos e fazer eles cantarem assim tambéeeeeeeeeeeeeeeem… hahahaha…

Backstreet Boys (antes e depois)
{Playlist} Músicas mais tocadas por mim em 2016
{Playlist} Maria Rita

Eu faço terapia sim, e daí?

Eram 22:30h. Eu conversava com uma amiga no facebook. Tudo pra ela estava ruim. Não gostava do trabalho, o namorado tinha ido embora, se achava a garota mais feia do mundo, não queria nem saber de tentar um novo relacionamento porque estava cheia de traumas. Foi quando eu sugeri: "Por que você não faz terapia?" Foi aí que a polêmica começou. "Terapia é coisá de louco! Eu não sou louca!" "Terapia é coisa de fraco! Eu posso resolver meus problemas sozinha!"

Como é que em pleno Séc. XXI as pessoas ainda conseguem pensar desse jeito? Eu me pergunto muito isso! Quando você tem dor de ouvido você não pinga o remédio? Quando quebra a perna você não engessa? Então porque quando você fica doente dos sentimentos não faz terapia?

Eu vou dizer uma coisa: terapia não é coisa de gente louca nem fraca! Terapia é coisa de gente forte o bastante e que tem coragem de assumir que não está bom. Terapia é coisa de gente que tem peito pra escavar na ferida, tirar todas as larvas, costurar a ferida e seguir em frente de cabeça erguida e curada. Fraco é quem não tem coragem pra enfrentar os problemas de frente! Louco é aquele que não assume os próprios erros e sofrimentos e vive com uma angústia no coração a vida inteira ou tenta jogar uma pedra em cima do que está ruim pra fingir que o problema não existe!

Eu faço terapia sim, e daí? Vai encarar? Rsrsrsrsrs…

post thumbnail
Metas para 2017
{Teatro} VeRo – Cia de dança Déborah Colker
Eu e minha mania de Hermione Granger
Página 148 de 150
«1 ...144145146147148149150››