Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Livro} Dez coisas que aprendi sobre o amor – Sarah Butler

Título: Dez coisas que aprendi sobre o amor
Autor: Sarah Butler
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581637778
Páginas: 256
Categoria: Drama
Veja mais: Skoob

Sinopse: "Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?"


Minha classificação :

Minha opinião: Esse é um livro primoroso. Eu já tinha comentado aqui que estava gostando muito dele, e agora, tudo confirmado! Rs… Vou tentar falar sobre ele sem dar muito spoiler!

Quando você pega um livro com esse título você tem uma impressão X do que vai se passar. Quando você lê, vê que é completamente diferente. Existem muitas formas de amor, não só aquela clichê de homem e mulher, que é o que a gente espera quando pega um livro com um título desses. Ou seja, pra ser bem clara, eu achei que ia ler um super romance mela-cueca, mas não. O livro aborda o amor entre membros da família, e sim, não há romances.

O livro traz muitas reflexões importantes e sérias sobre pessoas que têm menos poder aquisitivo. Faz você pensar muito sobre isso.

A escrita da autora é diferente. Cada capítulo é um narrador. Mas quem é o narrador do capítulo tal? Só lendo com muita atenção. Se você se distrai, pode perder algumas coisas e ficar boiando. Eu sou a rainha de ler uma página inteira e chegar no final e ver que não entendi nada. Ou seja, tive que voltar na leitura algumas vezes, pra poder me situar.

Uma coisa que eu gostei bastante (mas algumas vezes pareceu um pouco maluco) é que a cada capítulo, o narrador faz um lista de 10 coisas que aprendeu sobre o amor. E muitas vezes o que está sendo citado você lê e se pergunta: WTF?

O livro tem pouquíssimos diálogos, o que torna a coisa muito mais intimista. É uma opção que a autora fez ao escrever, e acho que deu muito certo, porque sem muitos diálogos, ela pode explorar mais os sentimentos dos personagens, e o livro ficou muito mais sensível.

Bem… Só lendo mesmo pra poder saber como esse livro é primoroso. Eu amei.


Alguns trechos do livro:

"Eu me preocupo com você. Eu me preocupo que você não esteja feliz, que esteja com fome, que esteja doente. Eu me preocupo com o fato de você não estar na cidade. Eu me preocupo que você esteja aqui, mas odeie isso. Eu e preocupo que você esteja morta."

"Você não pode sentir saudade de alguém que nunca conheceu. Mas sinto saudade de você."

"Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar; aprendi isso sobre mim mesmo. Não é algo que torne a vida mais fácil."

"É confuso: amar e odiar alguém ao mesmo tempo."

A HERANÇA DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário
PROMETO FALHAR, de Pedro Chagas Freitas | Rascunho Literário
A IRMÃ DE ANA BOLENA, de Philippa Gregory | Rascunho Literário

2 comentários
  • Camila Faria

    Nossa Mariana, achei tão diferente a premissa desse livro ~ essa coisas de amores não-românticos… Fiquei interessada, viu?

    [Reply]

    Mariana Reply:

    sim, é um livro muito lindo e bem diferente <3

    [Reply]

    Responder