Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Filme} Que horas ela volta?

Título: Que horas ela volta?
Lançamento: 27 de agosto de 2015
Duração: 1h51min
Distribuidora: Pandora filmes
Direção: Anna Muylaert
Elenco: Regina Casé, Camila Márdila, Michel Joelsas e outros.
Gênero: Drama
País: Brasil
Clasificação: 12 anos
Sinopse: "A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica."

Minha classificação : Minha opinião: Cara! Eu adorei! Pra quem já viu o filme "Vidas Cruzadas" (cansa de passar na TV a cabo rsrsrs) acredito muito que "Que horas ela volta?" é uma versão brasileira desse filme. O longa conta basicamente da história de Val (Regina Casé), que deixa sua filha no Nordeste com a família e vai pra São Paulo trabalhar. Durante 10 anos ela não consegue voltar à sua terra e ver a filha, mas no Rio, ela cuida de Fabinho como se fosse o próprio filho, tanto que o menino tem mais afeto e confiança na empregada que na própria mãe.

Mas a história muda completamente quando Jessica (Camila Márdila) decide ir a Sampa pra prestar vestibular pra FAU-USP, a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. A princípio ela não sabe que a mãe mora no quartinho dos fundos, e é aí que está o problema. Ela não aceita essas regrinhas invisíveis que a sociedade impõe só porque ela é filha da empregada. Por que ela não pode entrar na piscina? Por que ela não pode aceitar o sorvete que ofereceram?

Além disso, o filme levanta outro questionamento: as mulheres que saem pra trabalhar, deixam seus filhos pra serem cuidados por outras pessoas pra cuidar dos filhos dos patrões como se fossem seus. Mulheres que ficam se sentindo culpadas por isso, mas precisam trabalhar pra ter dinheiro. Enfim, o filme é um tapa na cara da sociedade brasileira e levanta muitas questões importantes.

Eu recomendo o filme a todos, mas eu sou suspeita, né? Eu gosto bastante da Regina Casé. <3 Beijos e até a próxima!

{Filme} Animais Fantásticos e Onde Habitam
{Filme} Minha mãe é uma viagem
Extraordinário vai virar filme

6 comentários
  • Chell

    Eu vi e chorei muito, fiquei com raiva, sei lá… é lindo, é delicado, não é aquele filme "brasileiro" cheio de bundas e palavrões. Achei lindo!

    [Reply]

    Mariana Reply:

    eu tb achei lindo, super delicado e vai direto ao ponto <3

    [Reply]

    Responder
  • Bruna

    Oi, Mari! Apesar de o enredo me interessar bastante, ao contrário de você eu não curto a Regina Casé. Nem um pouco! Mas, acho que vale a pena tentar assistir! :) Beijocas

    http://www.chezb.com.br

    [Reply]

    Mariana Reply:

    sério? ela é tão fofa rsrsrsrsrs

    [Reply]

    Responder
  • Leticia

    Esse filme é sensacional! Tbm adorei. Não sou fã da Regina mas ela mandou muito bem. Coloca a gente pra pensar mesmo. Beijos!

    [Reply]

    Mariana Reply:

    ahhh eu sou sim, acho q ela atua bem e ela tem um coração enorme como pessoa :)
    bjos

    [Reply]

    Responder