Butterfly Soul
Rascunho Literário
Guia para Mamãe de Primeira Viagem
BS no Youtube

{Livro} Soldier – Sam Angus

Título: Soldier
Autor: Sam Angus
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581634029
Páginas: 256
Categoria: Drama
Veja mais: Skoob

Sinopse: "Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra."


Minha classificação :

Minha opinião: Bem, mais uma vez é um autor totalmente novo pra mim (Novo Conceito, obrigada por ampliar meu horizonte!!!).

Fiquei procrastinando pra ler esse livro porque eu sou muito sensível a essa relação com animais. Chorei horrores com "Marley e Eu", e sabia que não ia ser diferente com esse. No momento, por eu estar muito feliz, estou mais numa vibe de ler livros alegres e de romance, então tudo que foge disso não está enchendo meus olhos. Além disso eu tive uma cachorra (RIP Magali) que viveu quase 17 anos ao meu lado, entrou na minha vida no momento da separação dos meus pais, e passou boa parte da minha vida alegrando minha tristeza e dormindo de conchinha comigo na cama. Por isso não gosto muito de lembrar dessas coisas, fico com muita saudade.

Falando do livro em si… A narrativa do livro é em terceira pessoa. Tem um embasamento histórico bem forte da Primeira Guerra Mundial (qualquer livro que tenha essa pegada histórica eu amo). A autora mescla as informações históricas dentro do livro com muita naturalidade e sensibilidade, foi lindo. Por uma escolha da autora mesmo, ela dividiu o livro em 3 partes. A diagramação está linda também.

A história em si prende você e se desenrola com muita naturalidade. Tom (um adolescente de 17 anos) é convocado pra servir na Primeira Guerra Mundial. Seu irmão mais novo, Stanley, fica em casa com seu pai e uma cachorra, chamada Rocket. Num descuido, a cachorra foge durante o cio e volta grávida pra casa. O pai fica irado com a possibilidade de filhotes que não sejam de raça pura, mas Stanley quer cuidar de todos os filhotes que nascerem. Dessa ninhada que nasce, o menino cria um amor muito grande por um cachorrinho em particular, no qual ele batiza de Soldier. E aí começa uma grande história de companheirismo.

Eu não quero contar muito porque se eu falar mais do que isso, vou dar spoiler, e não é o objetivo. Mas devo dizer que é um livro muito legal e que vale a pena a leitura. Chorei muito!!!! Muito emocionante, não tem como não ficar envolvida. Só não vou dar 5 estrelas porque muitas vezes eu chorei de tristeza por causa da minha cachorrinha. Mas aí é uma opinião pessoal, né? Rs…


Alguns trechos do livro:

"Se um cachorro o ama, ele vai fazer qualquer coisa por você. Se ele te ama, ele vai sempre voltar pra você."

"O DEPARTAMENTO DE GUERRA SOLICITA MAIS UMA DOAÇÃO DE CÃES PARA FINS MILITARES. Nossas mulheres têm entregado seus maridos, seus filho, seus pais, seus irmãos – e, agora, seus cães. Doze mil cães já foram entregues até agora, uma resposta impressionante. Mas ainda são necessários mais. Já foram feitas várias convocações pelo telégrafo e pelos jornais para que a população doe seus cães. Já requisitamos os cães dos canis de Leeds e Battersea…"

"O cão deve querer estar com você. Se ele quiser estar com você, então ele será leal, corajoso e honrado. Não só isso: ele vai ser impulsionado como se por uma espécie de magnetismo, atravessando em meio às bombas, através de furacões de fogo e de campos com tanques se deslocando, pelo desejo de estar com você. Se ele amar você, vai correr para casa, para você, mesmo através de nevascas de estilhaços de ferro."

Minha primeira experiência com a TAG Experiências Literárias
Resenha: Sejamos todos feministas (Chimamanda Ngozi Adichie)
Resenha mirim: O Robô Robério