{Resenha} Apenas um ano – Gayle Forman

Em 24.06.2015   Arquivado em Livros

Título: Apenas um ano
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636719
Páginas: 352
Categoria: Romance
Veja mais / Compre: Skoob / Travessa / Extra

Sinopse: “Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.

Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,

Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.”


Minha classificação :

Minha opinião: Bom, pra começar, eu não li apenas um dia, então eu comecei nesse volume. Pelo que eu havia entendido, o vol 1 era a Lulu contando a história aos olhos dela, é isso? Porque nesse segundo volume, é Willem quem conta a história.

Ele acorda no hospital, todo ensanguentado, sem se lembrar o que tinha acontecido. Mesmo sem se lembrar, ele tem uma nítida impressão que precisa encontrar alguém. Ele fica agoniado com isso. Ele se lembra apenas do apelido dela: Lulu. Mas percebe que ela não está à espera dele, então ele fica meio desnorteado. Aquela garota mexeu muito com ele, e ele não sabe muito bem lidar com isso porque todas as garotas sempre correram atrás dele.

Durante todo o livro ele vai em busca da Lulu. Durante a viagem, ele aborda questões internas dele, e ele vai se conhecendo, se descobrindo. Aborda também as relações familiares dele. Ele vai a lugares que esteve com Lulu procurando por ela, e se questiona sobre muitas coisas.

A capa é linda, mostra Willem viajando. Tem uns vernizes localizados que dão um acabamento super especial. A diagramação é simples mas tem uns detalhes que fazem ficar super charmosos, tipo as florzinhas ao lado dos números dos capítulos ou as florzinhas para dar as pausas entre os parágrafos. As folhas não são brancas, são meio amareladas, o que facilita muuuuuito a leitura.

Como é um livro onde ele está viajando, aparecem muitas expressões, palavras e frases em outras línguas. Adoro isso porque aprendo algumas coisas em línguas que eu não tenho o domínio!

Acredito que por eu não ter lido o volume 1, fiquei um pouco sem entender algumas coisas, mas mesmo assim o livro é lindo e cheios de reflexões. Se alguém quiser ler eu super recomendo, desde que tenha lido o outro antes (ou ficará boiando em algumas partes como eu).


Alguns trechos do livro:

“Há uma diferença entre perder algo que sabia ter e perder algo que se descobriu ter. Uma é decepção. A outra é perda de verdade.” (Pág. 103)